FALE CONOSCO!
VOCÊ ESTÁ EM: PORTAL CEHMOB » Acontece » Notícias » “Saber para Cuidar” abre vagas para curso a distância
NOTÍCIAS SELECIONE SEU PERFIL:

“Saber para Cuidar” abre vagas para curso a distância

ACS - Faculdade de Medicina da UFMG Belo Horizonte, 27 de abril de 2017

Servidores municipais da Educação de todo o Brasil podem se inscrever, até dia 12 de maio, no curso de ensino a distância (EaD) do projeto “Saber para Cuidar: doença falciforme na escola”, do Cehmob-MG. São oferecidas 500 vagas e a participação é gratuita. O curso “Ressignificando a doença falciforme: a diversidade no contexto escolar” terá início no dia 24 de maio com término previsto para 31 de julho.

As inscrições podem ser feitas pelos telefones (31) 3409-8912/8905 ou pelo e-mail saberparacuidar@nupad.medicina.ufmg.br, com envio dos seguintes dados: nome completo, telefone, e-mail pessoal e município.

O curso

O curso “Ressignificando a doença falciforme: a diversidade no contexto escolar” é ofertado na plataforma do Centro de Apoio à Educação a Distância da UFMG (Caed) e aborda temas como a doença falciforme e seus contornos na História e na atualidade, as peculiaridades da doença no contexto escolar e a articulação em redes. As aulas são organizadas em quatro módulos, totalizando 45 horas.

Financiado pelo Ministério da Educação (MEC) a partir da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi), o curso conta também com o apoio da Federação Nacional das Associações de Pessoas com Doenças Falciformes (Fenafal) e o Programa Ações Afirmativas da UFMG.

O Cehmob-MG é uma parceria entre o Nupad da Faculdade de Medicina da UFMG e Fundação Hemominas.

Doença falciforme

Considerada uma das doenças hereditárias mais comuns no Brasil e que acomete principalmente a população negra, a doença falciforme é uma alteração genética que afeta o sangue e provoca diversas complicações, como obstrução dos vasos sanguíneos, infecções e crises de dor. Desde 1998, com a realização da triagem neonatal (teste do pezinho) para a doença falciforme em Minas Gerais, tornou-se evidente a alta incidência da doença no estado: um caso para cada 1,4 mil nascidos vivos.

Tpicos : , ,
+ NOTÍCIAS [VEJA TODAS NOTICIAS]
Cehmob © 2013 - Centro de Educação e Apoio para Hemoglobinopatias Diminuir a fonte Aumentar a fonte Aplicar conteste Acessar o Facebook Acessar o Twitter Acessar o Flickr Traduzir para Purtuguês (Pt-br) Translate to Englsih (En)