Notícias | Delegado afirma que prisão de advogada em caso de homicídio por envenenamento revela traços de psicopatia

| Delegado afirma que prisão de advogada em caso de homicídio por envenenamento revela traços de psicopatia |

Delegado afirma que prisão de advogada em caso de homicídio por envenenamento revela traços de psicopatia


REPRODUÇÃO/DIVULGAÇÃO

Compartilhe:



Delegado afirma que prisão de advogada em caso de homicídio por envenenamento revela traços de psicopatia

Uma mulher foi presa em Goiânia suspeita de envenenar o ex-sogro e a mãe dele. De acordo com o delegado responsável pelo caso, trata-se de um duplo homicídio por envenenamento. Apesar de negar o crime, a suspeita admitiu estar grávida do filho do ex-sogro. O mandado de prisão temporária foi cumprido na noite de quarta-feira (20).

O advogado da família das vítimas informou que a mulher teve um relacionamento de três meses com o filho do homem assassinado, mas que eles terminaram amigavelmente dois meses atrás. Mesmo assim, ela continuou frequentando a residência da família por estar grávida. A família está perplexa e acredita que a suspeita possa ter algum distúrbio psicológico.

Amanda Partata, a suspeita do crime, se apresentava como advogada e psicóloga nas redes sociais, mas não possui registro ativo no Conselho Regional de Psicologia de Goiás.

O caso começou a ser investigado na segunda-feira (18), quando o ex-sogro morreu e sua esposa e a própria suspeita foram internadas no hospital com sintomas de envenenamento. Pouco tempo depois, também faleceram. A família inicialmente suspeitou que um doce comprado pela ex-nora estava contaminado, mas depois das investigações não foram encontradas irregularidades nos produtos.

As autoridades seguem apurando os detalhes do caso para esclarecer completamente como o envenenamento ocorreu.

Uma história emocionante ganhou destaque em toda Goiás recentemente, quando a filha de um homem chamado Leonardo decidiu compartilhar nas redes sociais sobre a sua morte. A médica Maria Paula Alves descreveu seu pai como uma pessoa saudável e extraordinária, enfatizando que ele era um exemplo de homem e pai.

Papai era uma pessoa de 58 anos que acordou no dia 17 de dezembro completamente bem, sem nenhum fio de cabelo branco na cabeça. A morte súbita dele trouxe perplexidade, surpresa, angústia e dúvidas sobre o que realmente aconteceu. No entanto, o objetivo desse texto não é compartilhar esses questionamentos, mas sim destacar a grandeza desse homem e pai que ele foi e ainda é para mim, afirmou a jovem.

Ao compartilhar a memória de seu pai, Maria Paula Alves mostrou ao mundo a admiração e o amor que sentia por ele. Essa história comoveu muitas pessoas, tornando-se viral nas redes sociais e sendo amplamente discutida em todo o estado de Goiás.

Esse caso trágico serviu para reforçar a importância de valorizarmos e reconhecermos as pessoas que estão ao nosso redor, pois nunca sabemos o que o futuro nos reserva. A partida repentina de Leonardo nos faz refletir sobre a fragilidade da vida e a importância de aproveitar cada momento ao lado dos nossos entes queridos.

Fica o exemplo de Leonardo, um homem que deixou uma marca profunda na vida de sua filha e de todos que o conheciam. Seu legado como um pai amoroso e exemplar é algo que deve ser celebrado e inspirar outras pessoas a buscarem o mesmo amor e dedicação em suas famílias.

Essa história nos lembra que cada vida é valiosa e que devemos sempre expressar nosso amor e apreço pelas pessoas que compartilhamos nosso caminho. Que o exemplo de Leonardo continue vivo, nos inspirando a sermos melhores pais, mães, filhos e filhas.






Recomendamos


Churraclean

Churraclean

Redsilver

Redsilver

Outras Notícias





Mais Recentes